Seguindo a série de entrevistas para a Festa Rockzinho Live! #31, conversei com Rubem Barreto, guitarrista da banda Lynx. Nas conversas que antecederam o bate-papo que vocês poderão ler abaixo, pude perceber o quão séria é a banda. Rubem pareceu-me bem focado no que queria, planejando bem os passos da banda.
Lynx ao final de um show
Isso é bom, afinal, música não é só subir no palco, envolve muito mais coisas para que o momento que você canta o refrão junto ao vocalista aconteça. Enfim, saí um pouco do caminho, voltemos para a música.

A banda Lynx, até o momento, é uma banda de covers. Quer dizer, versões, como vocês poderão ver. E quantas versões! A banda não se preocupa mesmo em ficar limitada em um estilo, passeando mesmo por várias vertentes do rock. Bem, deixo o Rubem falar agora.



1 - Por que uma banda cover?

Rubem Barreto (guitarrista) - A proposta inicial não era para ser uma banda cover, fizemos apenas para voltar ao ritmo. E está dando certo.

2 - Vocês priorizam mais algum estilo?

RB - Não. Tocamos desde coisas mais lights, como Nickelback e vamos até o Judas Priest. Mas depende mesmo do show e do público que vamos encontrar.

3 - Como funciona o processo de escolha das músicas do repertório? 

RB - É por votação. Restringimos a 2 músicas, no máximo, de cada banda. Escolhemos um grupo e só então partimos para a música. Colocamos um "hino" ou outro e tentamos mesclar mais com outras músicas que gostamos, mesmo que não sejam tão conhecidas.

Rubem no estúdio
4 - Vocês participam de alguma outra banda?

RB - Não, no momento, todos tocam somente na Lynx.

5 - Se os covers eram para "voltar ao ritmo", como estão as composições próprias?

RB - É, começamos a compor há uns seis meses. A linha é mais voltada para o metal, só que em português.

6 - A banda Lynx já fez dois shows e ambos estiveram lotados. Para o próximo, a venda antecipada foi ótima. Como você explica isso?

RB - Nós agradamos muita gente pois não restringimos a banda a um estilo só. Fugimos dos covers óbvios. 

7 - O que as pessoas podem esperar do show da Lynx?

RB - Um show bem animado, ninguém vai ficar parado. Passearemos por clássicos dos anos 60 aos anos 2000 e agradando todas as idades. Que todos se identifiquem ou cantem algumas das músicas.

Será também a estreia da Izabele Cassou, uma vocalista experiente e que ela está vindo para acrescentar ainda. 

8 - Por que as pessoas devem ir ao show da Lynx?

RB - Tentamos fazer algo diferente em cada show e diferente do original. Temos um homem e uma mulher nos vocais. Nós não queremos ser iguais aos originais, fazemos versões. Isso agrada às pessoas e certamente vai agradar ao público da Festa Rockzinho. 

Ingressos antecipados para a 31ª Festa Rockzinho Live! com as bandas Linda Lobo, Lynx e Drama: www.rockzinho.com.br/ingressos

Mais informações: www.rockzinho.com.br/festa

Nos próximos dias, entrevista com a bandas Drama. Veja o bate-papo com o pessoal da Linda Lobo.