Por que não é o estádio, é o campo.
Por que não é o craque, é a camisa.
Por que não é a jogada, mas o drible.

Por que não é a multidão, é o clube.
Por que não é o brilho, é a estrela.
Por que não é a ação, mas a reação.

Por que não é o amor, é o ódio.
Por que não é o ódio, é o amor.
Por que não é a sobriedade, mas a intensidade.

Por que não é a horda, é o eco.
Por que não é o meio, é o fim.
Por que não é o impulso, mas o sentimento.

Por que não é o "nós", é cada um.
Por que não é o texto, é a cumplicidade.
Por que não é o riso, mas o sorriso.

Por que não é o Botafogo, é o que nós entendemos por Botafogo.