A Livraria Camões, no centro do Rio de Janeiro, fechou as suas portas no último 31 de janeiro. Os funcionários foram demitidos, embora a livraria vá abrir após passar por reformas e passar para o Grupo Almedina, também de Portugal.

Abaixo segue a minha segunda matéria para o Jornal de Notícias, de Portugal:


Note que a ordem das palavras na frase é um pouco diferente da que estamos acostumados aqui no Brasil. Dificilmente veríamos "encerra" no final de uma frase sem complemento da maneira que está na frase. Está sendo interessante atentar para essas pequenas diferenças na língua.

É legal dizer que essa matéria também foi para a página principal do Jornal de Notícias na manhã deste dia 1º de fevereiro. Na quinta-feira passada, o meu texto sobre o terrível desabamento no Rio de Janeiro também ganhou a primeira página do site. Motivo de orgulho.