E o 5 de novembro está acabando...

O mundo continua como estava antes, com governos cada vez mais avançando sobre as nossas liberdades e nossos bolsos.

As pessoas continuam cada vez mais pobres de espírito - o que é um problema delas, claro. Menos poesia, menos música e mais mediocridade. Músicas com letras soam como instrumentais. Falas com frases rimadas copiadas de alguém que copiou de alguém e que, no final, não querem dizer nada.

As coisas mudam para adaptaram-se ao erro, é mais fácil. Estamos todos cansados.

Um bocejo, um copo de cerveja. Um sorriso.

"Remember, Remember..."