Pode dar certo por um tempo. Pode até dar certo por mais tempo. Mas uma hora vai dar errado. Não se pode enganar a todos por muito tempo.

Joel é medíocre. É paneleiro.

Lúcio Flávio não poderia ter entrado em campo. Não tem a menor condição de jogo. Ele conseguiu estar mais lento que no "auge" da forma física.

Para piorar, Lúcio Flávio ainda levou a faixa de capitão. Qual o sentido disso? Premiá-lo? Dar um prêmio de consolação?

Será que Joel acreditou que LG deu um jeito na zaga mesmo? Ou apenas está repetindo a besteira que vários jornalistas escreveram? No estadual, Fahel foi para a zaga e LG continuou no meio. Por que não voltar para essa formação?

Aí, com LG lá atrás, o volante que adora falhar e marca à distância entregou o 1º gol. E simplesmente tirou o pé no cruzamento do 4º.

E há que tentar entender também a saída do Cajá. Sem explicação alguma.

Mas Joel é egocêntrico, tem que mexer e inventar para fazer jus à fama que ganhou de estar "tirando coelho da cartola". Ele não poderia fazer o simples. Isso o ego dele não permitiria.