É como ouvirmos críticas ao Engenhão de todos os lados e por todos os motivos. Sobram reclamações sobre o acesso, as ruas estreitas e até, pasmem!, a falta de estacionamento. Acredito que tais reclamações sejam sinceras e realmente reflitam o real desejo de um estádio melhor. Entretanto, o problema é um só: qual estádio do Brasil oferece tais condições?

No Rio de Janeiro, apenas o Vasco tem São Januário. E este é um estádio projetado para os anos 30 do século passado. É completamente inadequado para jogos de grande público.

Sobra, então, o Maracanã. O estacionamento é péssimo e a maior parte dos carros fica nas ruas próximas. O local é de mais fácil acesso para quem vai da Zona Sul, mas não há comparação para os moradores da Baixada, Zona Norte e da Barra. Notem que boa parte das críticas ao acesso vêm dos moradores para lá do Rebouças.

A saída de carro não é tão complicada como no Engenhão pois ela é bem mais dispersa. No estádio do Botafogo, a maior parte está concentrada no próprio estádio, além de haver menos opções de saída, já que a maioria busca a linha do trem.

Eu conheci alguns outros estádios em viagens para acompanhar o Botafogo. No Rio Grande do Sul, o engarrafamento na saída é absurdo. Você simplesmente fica ilhado no estádio. No último sábado, no Beira-Rio, mesmo com um público de 16 mil pessoas, o trânsito ficou parado nas cercanias por mais de uma hora. No ano passado, no Olímpico, o caos foi o mesmo.

No Serra Dourada, existe um estacionamento para 10 mil carros, o que deve ser o recorde no Brasil. Mas, em compensação, a saída é problemática como nos demais estádios. A nossa via de saída simplesmente não andava com um público de pouco mais de 11 mil pessoas.

Sendo assim, será que esse não é um problema comum aos estádios brasileiros e não apenas ao Engenhão, como muitos insistem em reclamar? Sendo assim, não seria muito melhor tentar pensar em uma solução para isso ao invés de creditar ao bairro do Engenho de Dentro (onde eu fui criado, por sinal) dificuldades que se repetem em todos os estádios?

Mas, meus amigos, se o entorno é igual, não há o que se comparar dentro do estádio. O Engenhão é único e infinitamente superior a qualquer coisa que exista pelo Brasil.